Projetos

NAV

 
O Núcleo de Atendimento Veterinário - NAV,  teve início em 26 abril de 2008 e o objetivo inicial era criar condições mínimas de atendimento veterinário aos animais residentes da comunidade Vila Bispo de Maura, em Ribeirão das Neves, Minas Gerais.

O atendimento é gratuito, acontece aos sábados e conta com a participação de veterinários e voluntários da própria comunidade.
1/7

Além do atendimento veterinário, como forma de celebrar esse trabalho realizado, a Bichos Gerais, através da ajuda mútua de parceiros, fornecedores e amigos, realiza a festa de Natal para as crianças da comunidade. O evento tem apresentações artísticas, brincadeiras, entrega de brinquedos e guloseimas pelo Papai Noel e se encerra com um delicioso almoço.  

Espera-se com este projeto:

 

  • Reduzir do número de animais abandonados;

  • Diminuir as zoonoses;

  • Oferecer atendimento veterinário aos animais ;

  • Conscientizar continuamente a população para o bom trato dos animais;

  • Esterilizar os animais visando controlar a população;

  • Sistematizar a metodologia para a aplicação em outras localidades.

ELO

O Projeto Elo oferece castrações a baixo custo.

Tem 20 anos de existência e é realizado em nossa unidade da Rua Pitangui, no bairro Horto.

São esterilizados cerca de 120 animais por mês, trazidos de protetores que os recolhem das ruas. Os protetores são cadastrados anualmente e devem preencher pré requisitos. 

 

castracao-de-gato_edited.jpg
 
 

Felix

Nenhum animal pode ser descartado ou abandonado, isso é crime ambiental.

O Projeto Félix foi criado há 10 anos pela Associação Bichos Gerais, como forma de conter o avanço populacional dos gatos que eram abandonados no Parque Municipal Renne Giannetti.  O objetivo deste projeto é o controle populacional de felinos daquele espaço público, promovendo a castração, controle e monitoramento dos gatinhos.

Gaatinhos convivendo em harmonia

Em 2012 criamos a Casa dos Gatos. Lá foram alojados os gatos doentes e idosos recolhidos do parque. A Casa dos Gatos não é um abrigo, mas um ambiente de família onde os animais podem se sentir protegidos. Todavia ela está com a lotação esgotada e infelizmente a população felina do parque municipal ainda hoje é um problema recorrente.

 

É importante que a sociedade entenda que ao abandonar seu gato ou a ninhada eles não viverão bem. Pelo contrário, estarão sujeitos a maus tratos, fome, doenças e toda sorte de subjugações.